O que foi o Apartheid

O Apartheid foi uma política de segregação racial que ocorreu na África do Sul de 1948 até 1994. Neste regime o poder político e econômico era  mantido para população branca (grande minoria) as restrições contra os negros (maioria da população) iam desde não ter direito ao voto, quando a proibição de adquirir terras em diversas partes do país, ficando a população negra restrita a zonas residenciais segregadas como os guetos de Soweto.

O Apartheid se intensificou na década de 1950, principalmente quando o CNA (Congresso Nacional Africano) organizou uma desobediência civil. O resultado com o aumento na repressão foi o massacre de Sharpeville, quando 67 negros, que participavam de uma  foram mortos. E como resultado do massacre o CNA foi declarado como ilegal e seu líder, Nelson Mandela, foi condenado a prisão perpétua.

Com a redução nos governos de minoria branca que existiam na África, na década de 1970, aumentou a pressão pelo fim do Apartheid. A posse de Frederick de Klerk, em 1989, promoveu várias reformas, o mesmo revogou as leis raciais, em 1990 Nelson Mandela foi libertado, e as suas reformas foram legitimadas por um plebiscito popular, que votaram pelo fim do Apartheid, em 1992.

Em 1993 Frederick de Klerk e Nelson Mandela ganharam o Prêmio Nobel da Paz e no ano seguinte, Mandela foi eleito presidente da África do Sul, nas primeiras eleições multirraciais sul-africanas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As Origens do Dia do Trabalho

Cor não tem gênero (ou "O Conto da Aia brasileira)

Filme - A Vida é Bela.