Filmes - O último dos Moicanos





Profº André Araújo
Redação d’O historiante



O último biscoito, a última cerveja, o último pedaço de carne do churrasco em família, a última pessoa escolhida para times de futebol de rua, a última matéria que falta para ser concluído um ano letivo, a última disciplina para terminar um semestre da universidade. Sim, em algum momento de nossas vidas nos deparamos com alguma dessas situações. E, vez por outra, surge o nome de um filme que se tornou uma frase feita, uma introdução ou desfecho para piadas rápidas que nomeia estes objetos, estas pessoas, esses eventos derradeiros. Sim, isso mesmo! O Último dos Moicanos.
Entre batalhas entre franceses, ingleses, colonos e indígenas no Novo Mundo, surge um romance entre a filha de um coronel inglês, Cora Munro, interpretada por Madeleine Stowe, e o filho adotivo branco do chefe indígena do povo moicano, chamado Nathaniel Hawkeye, interpretado por Daniel Day-Lewis. Mais do que a eclosão de um grande conflito e suas facetas violentas e o romance vivido por Cora e Nathaniel, o ponto alto do filme fica por conta do choque cultural estabelecido entre os povos indígenas (os moicanos e hurons), os representantes das coroas britânica e francesa e os colonos durante todo o filme. O simples fato de o filme ser protagonizado por um branco adotado, não sendo ele o último dos moicanos (Vamos assistir para ver quem é o verdadeiro último dos moicanos?), já é um prenúncio de que o filme pretende dizer algo sobre choque cultural entre diferentes etnias. A lealdade a reis europeus, que é inculcada nas populações indígenas, as diferentes formas de sentir as relações humanas, a postura diante da morte, são passagens interessantes que fazem deste filme, lançado em 1992 (Isso mesmo, 20 anos!), não ser apenas um jargão, nem tão pouco apenas o complemento de uma breve pilhéria. Simples, interessante e com discussões extremamente atuais, o filme é uma boa pedida para relembrar clássicos do cinema e, quem sabe, exercermos um pouco da criticidade nossa de cada dia.
Clique aqui e faça o download do filme.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro - "A vida Verdadeira de Domingos Xavier", de José Luandino Vieira

Educação doméstica X Educação escolar no Brasil: desafios, conflitos e perspectivas.

Filme - A Vida é Bela.