Livro - O Xangô de Baker Street




Prof. Lucas Adriel S. de Almeida
Redação d' O Historiante



O romance “O Xangô de Baker Street” - de autoria de Jô Soares, lançado pelo Companhia das Letras - em seu desenrolar mistura humor e erudição (características da personalidade do autor) com alguns elementos componentes da sociedade brasileira nos tempos do império. A história do livro se passa no centro político do país, a cidade do Rio de Janeiro, e temporalmente se localiza nos finais do período imperial (O Segundo Reinado). Apresenta o cotidiano das elites desta cidade, impregnado de exacerbada devoção aos costumes europeus, mais precisamente da Europa ocidental. Tais elites, ávidas em se assemelharem ao que acreditavam ser um povo “civilizado” (os europeus), sustentavam seu conceito de civilização no que entendemos hoje como Darwinismo Social. Tal perspectiva caracteriza também uma corte e suas elites, demasiadamente preconceituosas e eurocêntricas.

As artes são um ponto elementar da abordagem, já que o roubo de raríssimo violino Stradivarius é o que dá início a trama. Estes são violinos, de alto valor comercial (hoje as cifras chegam à casa dos milhões), sempre foram muito famosos por suas qualidades sonoras frente aos demais. O humor de Soares ao, por exemplo, trabalhar o desembarque a e estadia de Sherlock Holmes – junto é claro com seu companheiro Dr. Watson - em terras brasileiras, permite-nos problematizar situações inusitadas de estranheza por parte do britânico Holmes, com essa chamada “civilização”. Com um olhar apurado, é fácil perceber a forma como o súdito da rainha percebe certas incompatibilidades, dos costumes das elites ao sul dos trópicos com os do continente europeu.

Vale ressaltar que aqui não se busca produzir uma crítica ao livro, nem ao filme que dele se origina.  Não é nossa intenção analisar, do ponto de vista da literatura, a obra em questão. O interesse aqui é buscar mecanismos, para despertar a nossa curiosidade sobre a história do nosso país. Assim, o livro abordado, bem como filme derivado dele, em função de sua popularidade e do humor (podia elencar aqui outros fatores), nos oferecem diversas oportunidades para cada vez mais estudar e aprender História.



Adquira esta obra na Livraria Saraiva! Confira abaixo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro - "A vida Verdadeira de Domingos Xavier", de José Luandino Vieira

Educação doméstica X Educação escolar no Brasil: desafios, conflitos e perspectivas.

" Todos iguais... uns mais iguais que os outros"